terça-feira, 25 de janeiro de 2011

As minhas origens


Papagaio cinzento do Congo cauda vermelha




Nome Latim: Psittacus erithacus 

Comprimento: 35 a 40 cm;

Peso: 400g a 500g
Longevidade: + 60 anos



Origem:
África Equatorial desde a Costa do Marfim à Tanzânia.

O Papagaio Cinzento pode ser encontrado em estado selvagem na zona Central e Ocidental de África. Gregário, vive em grandes bandos em zonas de floresta tropical ou nas orlas destas e habitats alterados pelo homem tais como eucaliptais, plantações, quintas e plantações de palmeiras.



Aparência Geral:
Mercury Warhol Large Framed PrintO Papagaio Cinzento é uma ave de porte médio da família dos Psitáceos. O seu nome está relacionado com a coloração cinzenta das suas penas. Tem uma cauda vermelha e olhos amarelos. O seu bico preto tem forma de gancho, como é habitual nos papagaios e é extremamente poderoso.

Não é possível distinguir os sexos visualmente, uma vez que o macho e a fêmea são idênticos. 




Temperamento:

O Papagaio Cinzento é uma ave muito amistosa. Inteligente e sensível, foi sobretudo a capacidade de “falar”, ou seja, reproduzir a voz humana, que lhe trouxe popularidade. Mas ao contrário de outros papagaios, o Papagaio Cinzento é bastante tímido e apesar de ser um talentoso mímico pode não desejar falar se estiverem estranhos na divisão. Por uma lado, esta característica pode parecer uma desvantagem quando quer exibir a ave aos vizinhos, mas por outro, o facto de serem aves mais calmas, não vai incomodar os vizinhos com o barulho.  


Com uma esperança média de vida longa o Papagaio Cinzento é um animal de estimação para a vida. Uma das características desta ave é a preferência por um dos elementos da família, por quem desenvolve especiais laços de afectividade. Esta pessoa pode não ser o tratador. Estes papagaios por vezes desenvolvem também aversão a determinadas pessoas que frequentam a casa.



Fantásticas aves para criar à mão, ficam muito meigas e carinhosas. Emitam todo o tipo de som e podem falar até 200 palavras, incluindo frases completas! Primam pela sua inteligência.























Simpático, amável, inteligente e muito falador, tem habilidade para repetir uma enorme quantidade de palavras e sons, imita toques de telefones, sirenes de bombeiros, sons de animais, assobios e até canções, imitam todo o tipo de sons que ouvem habitualmente no meio que os rodeia. Estes psitacídeos como quase todos os da sua família, se habituados, adoram tomar banhos de chuveiro ou borrifador em dias quentes. É uma ave que requer muita atenção, se se sentir marginalizado ou abandonado tende a entrar em stress.





 

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Olá eu sou a Kiki

video

Aqui está um pequeno vídeo meu, a conversar com as minhas donas... A qualidade não é muito boa, mas podem ouvir um pouco do meu vocabulário e dos meus beijinhos e assobios!

domingo, 23 de janeiro de 2011

1º dia em casa

Foi num final de tarde de início de Agosto que fui para a minha casa e vi os meus donos pela primeira vez. A minha dona dos brinquedos (chamo-lhe isso, porque tem sempre pulseiras e anéis para eu brincar) foi-me buscar à loja. Vi uma rapariga na vitrina da loja a apontar para mim e a dizer ao namorado "é aquele, é aquele". Parece que estavam à espera que eu chegasse à loja, e pelo entusiasmo de ambos, já deviam estar à minha espera há algum tempo. Estiquei-me do poleiro e espreitei melhor. Logo que a vi, reconheci logo que era ela, era diferente de todas as pessoas que passavam por ali só para me admirarem.
 E começou aqui a minha feliz aventura, como Kiki feliz e mimada e muito amada. O senhor da loja pôs-me numa caixa de cartão e disse-me "porta-te bem". A caixa era pequena, mas a minha nova dona foi todo o caminho até casa a falar comigo para eu não me preocupar. Quando cheguei a casa, puseram-me dentro de uma gaiola e taparam-me com um lençol. Ouvi duas pessoas descerem as escadas e perguntarem o que se passava. A minha dona dos brinquedos disse que era uma surpresa e destapou a minha gaiola. E foi aí que a vi pela primeira vez. O encontro com a minha dona foi inesquecível. Foi tão especial e único, posso dizer com toda a certeza deste mundo e arredores... foi amor à primeira vista. Quando encarámos uma com a outra, logo ela me tomou no colo e me deu muitos miminhos, tal como eu sempre sonhara, toda a vida. e desde aí, temos uma relação tão especial, que só mesmo contada e vista, para poderem acreditar!